sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Seja um LĂŤDER e TRANSFORME o seu mundo!





    Muitos querem ser chefes, poucos estĂŁo preparados para serem um LĂŤDER, no mais pleno sentido da palavra. É preciso ter uma visĂŁo mais ampla em relação ao mundo, as pessoas e a tudo que cerca o ambiente organizacional.Se alguĂ©m sofre de EGO obeso e MENTE anorĂ©xica, certamente estará despreparado para qualquer relacionamento e muito menos para liderar.
    É por isso que nem todos, apesar de terem cargo de confiança, podem assim serem chamados de lĂ­deres, apenas chefes e, na verdade se contentam tranquilamente com isto, talvez nem sequer questionando o seu prĂłprio papel como tal. Normalmente o lĂ­der, aparece sem precisar de  indicação alguma. Ele Ă© notado, causando incomodo entre os que nĂŁo possuem estas caracterĂ­sticas. Isto acontece quando os seus superiores tem um olhar sensĂ­vel, visĂŁo empresarial qualificada e atualizada. A "sabotagem" no trabalho de um lĂ­der, realizada por algum ou vários funcionários insatisfeitos, pode se dar, em alguns casos, pelo simples motivo de nĂŁo haver por parte da liderança,um olhar mais humano e compreensĂ­vel. Infelizmente acontece de, embora haja uma lĂ­der competente, ainda assim, encontrará pessoas que se incomodem com o seu brilho e vivam insatisfeitas, reclamando de tudo, por puro prazer de sabotar, o famoso "do contra". É a maior prova da necessidade de um incompetente ter que rebaixar alguĂ©m por nĂŁo conseguir elevar-se ao nĂ­vel dele. Por conta destes egos inflados, muitas instituições caem na  dita "burrocracia", a pĂşblica entĂŁo, recebe a fama de nĂŁo funcionar. Mas funciona sim, basta os egos desinflarem e as mentes deixarem de ser anorĂ©xicas.  E perceberem que independente da empresa que administremos, podendo ser atĂ© o nosso lar, poderemos experimentar o sucesso ou o insucesso, podendo este Ăşltimo, ser utilizado como trampolim para mudanças significativas. No vĂ­deo abaixo, falo mais sobre o assunto.







Prosperidade Ă  todos!
Obrigada pelas visualizações!
Iracema Correia

Nenhum comentário: