quarta-feira, 28 de junho de 2017

Porque sou tímida!



O porquê? 🙈
É isso aí!
Respondi!
Este é o segredo.
Inacreditavelmente tímida.
Sorriso farto! 😂 Tudo farto! Boca, pernas, *****, cabelos, tudo, mas "farta" a segurança. Então eu brinco de falar besteiras. Falo um monte de abobrinhas para desviar a atenção do foco aqui.🎯
É complicado demais receber uma dose forte de olhar e continuar firme. Não estou sabendo lidar. 😓 Então eu desvio os olhos e busco rapidamente um assunto pra rir. O silêncio me deixa envergonhada porque se sentir observada é desconsertante. Desestrutura uma estrutura nada forte. Aqui é só capa. Pensa num serzinho molinho, dengosinho, facin de agradar com cafuné e massagem que já garantem trinta por cento de agrado😊....Então chegam as minhas flores 🎁🌷🌷🌷🌹🌸 não estou acostumada com tanto mimo. Quero me acostumar muito. Quero me viciar nos teus afagos para nunca mais correr o risco de aceitar menos do que tudo isto que você está me dando. To viciando...mas tenha paciência porque sou tímida 😉🙈.

Iracema Correia

terça-feira, 27 de junho de 2017

Obrigada por tua existência!




Obrigada por você existir em minha vida. Obrigada por fazer-me acreditar que apesar de tudo, amanhã há de ser outro dia. Obrigada por palavras confortantes que me acalmam. Um abraço apertado com afagos de quem quer só proteger e ser o porto seguro. Uma capacidade de audição tão aguçada e perspicaz procurando a todo momento demonstrar empatia, apesar de não estar dentro de mim ( dos meus sentimentos ), se esforçando para entende-los . E eu nesta loucura cega despercebo-me da jóia ao meu lado. Direcionando a minha mente à apenas um foco. E você,  livre, entregue, disposto em minha frente, dando-me toda atenção que eu precisava naquele momento. Não tenho palavras para expressar o quanto me senti melhor. O quanto dormi melhor. O quanto o meu sorriso se abriu por uma linda atitude sua. Meu querido, que você seja esta resposta que tanto pedi ao universo. E que eu esteja na direção certa de tudo o que um dia eu precisei e sonhei. Conto com os teus sonhos de  querer realizar os meus sonhos. Quem sabe um dia serão nossos. Quem sabe? Deixa acontecer naturalmente....

Iracema Correia

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Deixando de ser inocente.






Minha cabeça doe. É uma dor física e certamente causada por um estresse. Talvez vários. Oriunda de uma dor emocional, carregada de emoção  ( com toda redundância permitida). A emoção de se enxergar no papel de trouxa. De uma boba que crê na pureza das palavras. Uma pessoa que insiste em manter uma postura fiel, palavras e ações e acreditava que tal atitude era mais fácil  de encontrar, entre muitos. Dizem que semelhante atrai semelhante. Meu Deus! Que loucura esta frase parece ser, em certas situações!  Quem são estes imãs que puxam ou atraem pessoas tão diferentes à mim? Aparentam características tão aceitáveis e no fim de tudo. Sim, no fim, Sempre chega o fim, pelos menos para mim, revelam atitudes que me assustam. Assustam-me porque ainda sou ingênua para muita coisa. Ainda acredito nas palavras ditas. De repente recebo um golpe pelas costas. E me pergunto: Como não percebi o que estava tão claro? As respostas estão ali na frente o tempo todo. Porém a ingenuidade faz passar batida todas elas. Falo de surpresas, decepções, angústias, mágoas, traições, abandonos, entre outros. Se sentir abandonado após acordar de uma fase "sonâmbula " é como acordar de um coma de longas datas e perder a direção.  Eu preferiria saber, com todas as letras a verdade vinda de quem me faltou com ela. Apesar de dura de aceitar, a verdade sempre é o melhor caminho, principalmente para quem tem dificuldades de abrir os olhos e ainda vive num castelo de ilusões. Era "isso" então, o tempo todo? Como sou ingênua!  Ai como dói!

Iracema Correia